Quais os passos para criar uma marca vencedora?

Marca

Criar uma marca não é um processo simples. Conseguir ter um nome e um símbolo que passem o posicionamento desejado pela empresa é um processo longo e sem nenhuma garantia de dar certo. Pensando nisso, a C8L! traz este texto que serve como um mini guia de criação de marca. Dessa forma, você que está abrindo sua empresa pode ver a complexidade do caminho a ser percorrido.

Em primeiro lugar, é necessário ter consciência da importância da marca para o crescimento de uma empresa. Fazendo uma comparação com um prédio, a marca é o alicerce, a base que permitirá a construção dos demais andares. E da mesma forma que um prédio sem fundação não fica em pé, uma empresa com marca ruim também não vai pra frente.

Sendo assim, pegue seu caderno de anotações e curta a leitura a seguir, que pode ajudar muito no crescimento de sua empresa!

A construção de uma marca é um processo técnico, e não emocional

Antes de tudo, sabemos que muitas empresas surgem de forma não planejada. Muitas vezes o empreendedor é alguém que tem certa habilidade para alguma atividade, e por circunstâncias externas (como pedidos de amigos, desemprego, entre outras) acaba surgindo uma empresa. Entretanto, isso não pode ser motivo para que o nome da empresa venha de um processo técnico.

Em nossa jornada, muitas vezes nos deparamos com empresas cujos nomes não foram pensados. Simplesmente surgiu por ser a inicial do dono, ou uma palavra que ele goste e tenha significado para a vida particular dele. Todavia, o consumidor consegue entender o significado daquele nome? Ele contribui para o posicionamento da marca?

Do mesmo modo, muitos logotipos são criados com cores baseadas em gostos pessoais dos proprietários das empresas. Até questões como o time do coração são consideradas na hora de criar as “cores oficiais” da empresa, e muitas vezes isso é completamente inadequado.

Como resultado, vemos com frequência marcas “amadoras”, sem a menor preocupação com questões mercadológicas. Afinal, qual o modo certo de criar uma marca?

Comece determinando o seu posicionamento

Apesar de não haver um processo único e definitivo para criação de marcas, um dos mais reconhecidos foi criado pela empresa canadense Igor International. Aqui na C8L! utilizamos este processo com algumas adaptações à nossa realidade cultural e até mesmo peculiaridades do ambiente de negócios brasileiro.

O primeiro passo seria determinar qual o posicionamento sua marca quer atingir. Em outras palavras: qual a imagem você quer que apareça na mente do cliente toda vez que ele tiver algum contato com sua marca?

Essa pergunta é muito importante, porque vai ajudar sua empresa a determinar não somente a marca, mas também o portfólio de produtos, preço e o esquema de distribuição de sua organização. Uma marca sem posicionamento é fraca, sem nenhum poder de convencimento junto ao público-alvo.

Por isso, determine com exatidão qual (ou quais) segmentos de mercado você deseja atingir. A partir daí crie bases de identificação de sua marca (e da empresa de uma maneira geral) com este público. A pessoa que ouvir falar de sua marca precisa necessariamente saber o que você oferece e criar uma expectativa condizente com aquilo que será entregue.

Passo 2: Análise competitiva

Na sequência da definição do posicionamento, vem uma parte importante do processo de criação de marca: A Análise Competitiva. Pense que você não está sozinho no mercado. Aliás, muito pelo contrário. De acordo com o INPI, órgão responsável pelo registro de marca no Brasil, a média dos últimos 7 anos está na casa dos 160 mil pedidos de marca por ano. É isso mesmo, 160 mil marcas novas surgem a cada 365 dias. Estamos falando de uma média de 438 marcas novas por dia.

Juntamente com as novas marcas, há aquelas que já estão estabelecidas no mercado, e poderão impactar diretamente naquela que você está lançando. Por esses motivos, é fundamental que sua empresa faça uma análise competitiva dos nomes já posicionados no mercado.

No seu segmento, qual o tipo de nome que prevalece e se destaca? São os funcionais? Os descritivos? Experenciais? De que forma você poderá se destacar e não se perder em meio às empresas já estabelecidas?

Em termos práticos, imagine que você está trabalhando o lançamento de um restaurante árabe. O nome Al Serraf pode ter até uma facilidade de posicionamento, mas será que os seus consumidores vão gravá-lo? Há a possibilidade desse nome se destacar, ou sua marca será confundida com outras 300 que têm nomes parecidos?

Analise, de forma técnica, criteriosa e objetiva, quem está no mercado – tanto os bons, quanto os ruins. Estabeleça relações entre os nomes e o desempenho das marcas, para ter um ponto de partida interessante para a próxima fase: o desenvolvimento do nome.

Desenvolvendo o nome de forma técnica

Chegamos a uma fase criativa de nosso processo, e nem por isso ela deixará de ser técnica. Muitas pessoas, como dissemos anteriormente, optam por nomes que remetam a coisas pessoais. Entretanto, de acordo com a análise competitiva feita anteriormente, existe um direcionamento a ser tomado, de acordo com a sua área de atuação.

Um brainstorming é um processo sempre bem-vindo a essa hora, para que as ideias apareçam. Logo após rabiscarem os primeiros nomes, criem uma tabela na qual possam dar notas em critérios objetivos para as opções. Os que não atingirem pelo menos uns 60 a 70% do total devem ser descartados desde então. Aqui na C8L! usamos critérios como memorabilidade, adaptabilidade, mistério, posicionamento, persuasão, entre outros. São 10 itens ao todo que analisamos de forma quantitativa.

Esta etapa é importante para que você possa descartar algumas opções e partir para a finalização com apenas 2 ou 3. Ter muitas variáveis na hora de decidir pode atrapalhar, principalmente se muitas pessoas participarem deste processo de decisão.

Sua marca pode ser registrada? E o domínio?

Feito o teste de aprovação na tabela de critérios técnicos, há duas coisas a se preocupar ainda: a possibilidade de registrar comercialmente a marca e ter o domínio desejado. Sobre o registro de marca nem precisamos falar nada, uma vez que se você não fizer pode aparecer outra empresa e tirar o seu direito de usar a marca que criou. Já em relação ao domínio, é importante que você consiga registrar onomedasuamarca.com.br pois intuitivamente é o endereço que as pessoas vão buscar na internet.

Pode parecer trivial, mas o registro do domínio, que é um processo que custa 40 reais, pode sair muito caro se as marcas tiverem que comprar o endereço de outra pessoa. Esta matéria do portal Olhar Digital mostra os 10 domínios mais caros da história, e todos eles custaram milhões de dólares. Vale a pena o risco?

Logotipo e Manual de marca

Decidido qual é o nome, é hora de partir para o desenvolvimento do seu logotipo, e consequentemente o manual de marca. Muitas empresas possuem o primeiro, mas não o segundo, o que é um erro. Depois que o seu logotipo estiver pronto (e ele deve passar pelas mesmas etapas do nome), você precisa prever as condições nas quais ele pode (ou não) ser utilizado. Todas as formas de utilização, fontes, variações, versões monocromáticas ou negativas devem ser determinadas com antecedência.

Assim, sua marca sempre manterá um padrão na utilização, sem nenhum risco de má aplicação. Já pensou se você desenvolve um logotipo pensando em todos os aspectos de cores, por exemplo, e em uma arte de um evento ele é colocado no fundo que tem a cor do seu maior concorrente? Ou então você envia um material impresso para uma gráfica, que não tem a fonte correta e imprime com uma letra diferente do original? Não é admissível que uma empresa corra um risco deste tamanho, portanto, invista tempo e dinheiro para que o manual de marca da sua empresa seja o mais detalhista e completo possível.

Crie sua marca junto com a equipe da C8L!

Como foi demonstrado neste texto, criar uma marca é um processo longo, complexo e necessita de especialistas. Por que correr o risco de desenvolver algo que custará muito lá na frente para se adequar à sua real necessidade?

Na C8L! temos uma equipe especializada em desenvolvimento de marca, que fará com que todas as etapas do processo sejam percorridas detalhada e cuidadosamente. Trabalhamos para que sua marca seja uma expressão fiel do que representa sua empresa, e o público-alvo identifique nela uma opção viável de compra. Entre em contato agora mesmo com nossa equipe e conheça um pouco mais sobre nosso processo de desenvolvimento de marcas!

Open chat